Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016

Trisha Ashley "Um Conto de Inverno"

Estamos em plena época natalícia e o inverno já se instalou entre nós para nos fazer saborear o que de bom o frio pode trazer. Uma chávena de chá e umas bolachas são o acompanhamento ideal para um bom livro a lembrar o cenário da estação do ano em que estamos. Assim que soube do lançamento de “Um Conto de Inverno” soube que seria uma das minhas leituras de inverno. Queria ler o frio nas linhas e os raios de sol nas entrelinhas. Foram alguns dias em que construí amizade com Sophy Winter (até o apelido é a estação do ano, prenúncio de uma boa história!), uma mulher que passou a vida a trabalhar em grandes mansões até que numa reviravolta da vida, se vê herdeira de Winter’s End, uma casa imponente, onde viveu até ser arrastada para longe com a sua mãe. Apenas uns passos nesta casa, nas recordações que ainda vivem dentro de si, Sophy apaixona-se por ela e decide lutar pela sua recuperação física e financeira. Para isso terá de lidar com um falso Jack que quer a todo o custo Winter´s End. Será que Sophy se deixará enganar pelo charme de Jack?

A casa vive entrelaçada nos majestosos jardins, cuidados e tratados por Seth, cujos olhos apenas vislumbram esses mesmos jardins. Reservado, mas intenso, aposto que os leitores irão sentir uma simpatia por este homem, trabalhador e dedicado à sua paixão. Mas será que Sophy conseguirá transpor os muros que Seth construiu à sua volta, como pretende construir no jardim?

Iremos conhecer outras tantas personagens excêntricas como que habitam nesta casa, mas pelas quais iremos nutrir muita simpatia! Tantos sorrisos que são desenhados no correr do livro.

Ao longo de todo o livro, conheceremos um pouco da história da Alys Blezzard, uma antepassada, enforcada por ser acusada de bruxaria no longínquo século XVI. Para quem gosta do lado místico da vida, sentirá a presença de Alys durante toda a história. E mais interessante ficará, porque William Shakespeare poderá estar relacionado com esta mansão. Como? Saberemos no natal de Winter’s End que acontece quase no desfecho da história, o clímax em que o desenlace acontece!

Agora que o frio chegou e a noites chegam cedo, a manta acolhedora, o chá para aquecer o corpo, a bolacha para adoçar, e a alma será aquecida com esta história leve, simples, mas muito bonita!

Aproveitem o inverno e os seus bons momentos!

Aproveitem o natal e adocem-no com esta história.

um conto de inverno.jpg

publicado por Ana Cristina Gomes às 12:49

link do post | comentar | favorito (1)
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. A frase mágica do dia

. Nicholas Sparks "Só nós d...

. A frase mágica do dia

. Um pensamento meu

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. todas as tags

.favorito

. Será pedir muito?

blogs SAPO

.subscrever feeds