Terça-feira, 28 de Junho de 2016

Um poema meu

Adormeceste no meu peito

Na madrugada da noite de inverno que vivia lá fora

No quente dos corpos nus que se abraçavam.

Sonhaste junto do meu coração

Ouviste os segredos que sussurrei ao teu ouvido

Enquanto acariciava a tua face

No mais doce silêncio

Enquanto duas almas dançavam no ar.

Adormeceste no meu peito

Onde vives no sempre que é sempre desde sempre

E onde mais ninguém irá morar

Enquanto o sempre da eternidade das vidas existir.

Adormeceste no meu peito

No sonho do mais profundo desejo do meu ser.

Adormeceste no meu peito

E eu sem fechar os olhos

Sem dormir

Para decorar cada respirar teu

Para recordar cada movimento do teu braço em mim

Para relembrar cada traço do teu rosto.

Adormeceste no meu peito

E senti a felicidade dentro de mim.

Adormeceste no meu peito

E eu adormeci em ti

Para não mais acordar.

braços.jpg

publicado por Ana Cristina Gomes às 20:40

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

. Um pensamento meu

. A frase mágica do dia

. Um pensamento meu

. A frase mágica do dia

. A frase mágica do dia

. O Adamastor voltou!

. A frase mágica do dia

. Mais um dia negro de incê...

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. todas as tags

.favorito

. Será pedir muito?

blogs SAPO

.subscrever feeds