Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Mais uma tarde!

Mais uma tarde.
Os teus olhos que já se despem no verão que adormece mais cedo.
Tão bom poder olhar os olhos teus.
Não há olhos que goste mais de sentir em mim. Mesmo que não me toquem o corpo.
Hoje sorriram-te o coração. E tu sorriste a alma.
Tão genuíno que foi a simplicidade desse teu sorrir.
E que delícia foi ver-te sorrir assim nesse sorriso que não se esquece de tão bonito que foi. E sorri porque estavas a sorrir.
Sorri sempre assim porque és tão mais bonito quando sorris.
Guardo esse sorriso teu que me sorriu o dia.

70395531_10156741780313565_7906008775788593152_n.j