Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Chegou dezembro

Screenshot_20201201_203501.jpg

Chegou o mês de dezembro, aquele mês de afetos e abraços. O mês de encontro de famílias e os jantares de amigos para celebrar o Natal. Um mês de luzes e decorações. De passeios para sentir as iluminações de Natal espalhadas pelas cidades. Piscar o olho ao Pai Natal para não se esquecer de embrulhar os nossos sonhos.
Recebemos o dezembro num dia feriado. Um dia de pausa. Ideal para pôr em ação o plano Natal.
Mas 2020 quis ser diferente. Abraçamos o mês de dezembro em pleno recolhimento. Que não seja por isso que o acolhemos de olhos tristes ou de sorriso fechado. Podemos estar com essa roupa confortável de trazer por casa, mas que as decorações de Natal o façam sentir desejado. Abramos a porta para se instalar confortavelmente nos nossos dias.
Não pensemos em dezembro como o último empecilho de 2020, pois os desafios continuarão por 2021. Nada é estanque. Tudo flui no tempo.
Vamos antes viver este dezembro diferente com amor no coração. A valorizar o importante da vida. Dispensemos as filas enormes para as lojas num consumismo atroz como se pudessem comprar as saudades. Porque não mostramos o amor pelos outros com um postal de Natal escrito por nós? Um mimo genuíno. Feito com e por amor. Dedicar tempo a quem sentimos saudades. Podemos não poder abraçar os mais queridos nesta quadra, mas o amor tem sempre tantas formas de se demonstrar. Um pouco de imaginação e dedicação são ingredientes principais do amor.
Que o dezembro que chega nos traga esperança no seu coração.