Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Chegou o outono!

Outono-Principal.jpg

O equinócio de outono chegou às 14h31 deste 22 de setembro quando o sol se escondeu para que o outono pudesse fazer a sua entrada nas nossas rotinas.
Chegaram os dias das folhas no chão que nos são caminho. Novos trilhos ou continuar caminhos já traçados e que estas folhas nos vêm embalar os pés.
As árvores que se despem mostrando a nudez dos seus ramos. Um apelo à nossa vulnerabilidade. Não termos medo de mostrarmos quem realmente somos. A nossa essência. Vulnerabilidade não é sinónimo de ser frágil. As árvores falam-nos da sua vulnerabilidade, mas os seus troncos são robustos. São fortes. Não quebram facilmente. Aprendamos com as árvores. Aproveitemos o recolhimento do outono e conversemos com as árvores. Que experiência tão gratificante para a alma.
As horas que são as mesmas, mas a claridade diminui no céu, deixando as nossas sombras dançar no reflexo da luz dos candeeiros das estradas e passeios. A manhã que chega tarde e a noite que chega cedo. As estrelas que se tornam colegas do sol e são guia dos nossos dias. A escuridão não está na cor do céu. Está no modo como olhamos a vida. Por isso, olhemos a vida com os tons quentes do outono, cores que nos trazem aconchego para o frio que se começa a sentir nos braços.
As frutarias enchem-se de sabores outonais. Os marmelos cujo aroma me traz memórias da quinta perdida em mim. Os diospiros maduros que se desfazem na boca. A romã com a sua coroa. E não poderia faltar a rainha do outono, a castanha. O farrusco que deixa nas nossas mãos quando assadas no carvão. O fumo que se enrola nos cabelos. O quente do seu miolo que nos aquece o coração. Alimentar o espírito de momentos.
Que as alterações climáticas não nos destruam as estações do ano. Precisamos da alegria que cada uma, à sua maneira única, nos oferece. O outono traz-nos tanta beleza aos olhos. É só estarmos atentos.

Imagem : Internet

2 comentários

Comentar post