Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Conversas

Voltei a sonhar contigo. Aquele sonho demasiado irreal para ser apenas o nosso inconsciente ali. Uma conversa. Falávamos. Sentia a tua voz no meu coração. Tão diferente do nosso silêncio de fins de tarde. Perto do respirar um do outro. Sem outros à volta. Dizias que sabias. Disto que sinto por ti. Acho que sabes mesmo. Ias falar de ti. Que sabes. Que também sentes. Voltei a acordar. Outra vez. Sem te ouvir. Fiquei ali no som da almofada a tentar ouvir-te. Novamente o silêncio. Que me sufoca. Que não me deixou regressar ao sono.
Logo, por favor, volta ao nosso sonho para continuarmos a nossa conversa.