Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Ed Sheeran...Um concerto simples, genial e épico!

Ainda sinto a pele tão arrepiada. Como se não tivesse dormido. Como se ainda estivesse ali no estádio naquele concerto que nos encheu alma de tão poderoso que foi.
Um homem em palco. Ele e nós. Nada mais que isso. Vá lá, e uns ecrãs enormes, porque a malta precisava de o ver.
Um cantor sozinho. Acompanhado pela sua guitarra. Um duo perfeito na perfeição que foi esse concerto. Nada de show off, de adereços. De luzes ou brilhos. Ele e a sua música.
Um hino à simplicidade. À honestidade de sermos genuínos.
Uma moldura humana que nos fica nos olhos. Uma emoção indescritível. Apenas acho que tantos de nós devíamos largar os telemóveis. Não passar o tempo todo do concerto a filmar. Deixar o telemóvel no bolso e sentir a música entrar no corpo. Vibrar. Sentir cada acorde no coração. Gritar. Porque o momento fica gravado na nossa alma. Na emoção que sentimos. E não no telemóvel que um dia destes se perde. Mas o momento ficou comigo. Por isso as fotos são tão poucas.
Aprendamos nesta simplicidade a deixar fluir o nosso eu. Soltar e viver cada música. Não ficar ali parado a olhar como se fosse mais um concerto daqueles normais. Porque não o foi. Foi um concerto épico feito apenas com um herói.
Ainda estou maravilhada com tamanha simplicidade. E cada vez gosto mais disto de sermos simples.
Porque a simplicidade pode ser genial.
E Ed Sheeran foi isso....simples e genial.

61935318_10156496386778565_5882721064999452672_n.j

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.