Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Feliz Páscoa!

O pacote das amêndoas estremece na mesa. São as amêndoas que se querem libertar e nos adoçar com a sua doçura. Ao seu lado os ovos de chocolate pintados pelas mais belas cores do arco-íris, no embrulho que os abraça, desenham um sorriso para alegrar a alma até a quem tem o sorriso mais triste. Os tradicionais folares da tradição desta época nos seus mais variados sabores e ingredientes que nos transportam para longínquas memórias. Memórias que nunca se apagarão e que sempre serão recordadas.

É a Páscoa que chega por entre os sons primaveris e o delicado aroma das flores que despertam do sono de inverno. O sol dos sonhos, a esperança na felicidade e a ternura no canto dos pássaros. Uma decoração com as tonalidades da alegria que a vida devia ser.

Assim é a Páscoa, a festa do renascer, do acreditar, do nunca desistir, da luta e da conquista. A capacidade de nos transformarmos. A capacidade de nos aceitarmos como somos.

A Páscoa é o amor constante que devíamos sentir em nós, dia após dia. O amor de amar a vida. O amor de nos amarmos a nós mesmos. A forma mais sublime de sentir a vida que é amar. A gratidão por podermos amar, sentir e viver.

Mais uma época festiva que o consumismo adora, mas por alguns instantes não nos lembremos das prateleiras recheadas e dos folhetos apelativos na vida consumista que a sociedade se tornou. Pensemos como é bom saborear as amêndoas de todas cores e doçura, como partir o coitado coelho da páscoa nos faz sorrir antecipando o chocolate que derrete na nossa boca, aquecendo o nosso espírito de carinho.

Aproveitemos o saborear de cada momento, único e delicioso da vida.

Uma Páscoa Feliz recheada de doces momentos, com muitas amêndoas, ovos de chocolate e sobretudo de muitos sorrisos.

pascoa1.jpg