Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Hoje fui lá. Não estavas....

Hoje fui lá. Apenas para te ver.
Fui. Não apareceste.
Os olhos doeram-me.
As emoções desmaiaram ao sol.
Talvez a estrada me tenha dito que é tempo de nos largamos as almas.
Voarmos livres de mágoas eternas.
Hoje fui lá. Não estavas.
O relógio correu nos ponteiros. Fui embora.
Triste ocaso este o de hoje
Um dia se quiseres recordar-nos nos olhos nossos, escreve nas fotos de quem és que estarás lá e quem sabe se volto lá.
Ali.
Só para te ver.

IMG_20190831_091208.jpg