Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

O contentor do vidro está cheio, e agora?!

IMG_20201010_195651_945.jpg

Este é um contentor para a reciclagem do vidro. Fica na minha rua. Já lá está há muitos anos. Que serve as ruas, estabelecimentos e uma escola. Onde podemos fazer uma ínfima parte de tentar ajudar o planeta, reciclar.
Este contentor há muito que transborda em vidro. Tantas são as semanas que não é despejado que já lhes perdi o rasto. Às vezes vamos tentando lá colocar uma garrafa ou um frasco, mas há demasiado dias que atingiu o limite. E assim vai ficando.
O senhor do café já despeja o vidro no lixo doméstico pois é impossível acumular tanto vidro no estabelecimento. Os moradores como eu que ao sair de casa podem num simples gesto tentarem ser amigos da mãe Terra, neste momento não podem. Ou acumulam o vidro em casa por mais tempo e não sabemos até quando ou simplesmente deitam no lixo doméstico e lá se vai o dever de preservar o planeta.
Parece tão insignificante, mas garrafa aqui, frasco acolá, podíamos reciclar mais um pouco e poupar um planeta demasiado fustigado e prestes a desistir de viver. Os sinais são tão evidentes.
Queremos ajudar a nossa mãe Terra, mas mesmo em pequenos gestos quem devia promover essas ações fica quieto. Assim será ainda mais difícil.
Será que despejar um contentor é assim tão difícil? Ou não interessa a quem manda?!

2 comentários

Comentar post