Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Poema dos teus olhos

travis-grossen--CaJIE1MiA4-unsplash.jpg

Os teus olhos
Maresia de silêncios
Os teus olhos
Faróis de caminho
Estradas de descobertas
Os teus olhos
Os meus desvios para não me perder
Para um dia te encontrar em mim

Esses olhos teus
São gritos
São dor
São medo
São emoções
São amor
Esses olhos teus em mim
São conversas privadas da tua alma e o meu coração
Eternos amantes que são

Os teus olhos
Almofadas de sonhos onde desejaria adormecer
Lençóis onde tanto precisava de me refugiar
Os teus olhos
O meu abismo de sentimentos
O colo preferido da minha ferida
Os teus olhos
O vazio do meu abraço
A solidão de amar-te

Os teus olhos
São cartas secretas que me escreves
São poemas que me segredas
Ontem, ai a tarde de ontem
Que carta silenciosa me entregaste
Que poema intenso o teu rosto sussurrava
Os teus olhos despiram-se
Ficaram vulneráveis aos meus olhos
Estava ali o que tanto escondes de ti
Os teus olhos e os meus olhos
Enfrentando-se numa compreensão mútua de sentimentos

Os teus olhos são e serão o poeta
Mais bonito que alguma vez li.

Imagem : Internet