Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

RIP Luke Perry

São estas as notícias que nos abalam o tempo. Aquele que tempo que achamos ficou parado lá atrás mas não ficou. Continuou a andar até parar.
Hoje uma parte da minha adolescência olhou para trás e percebeu como o tempo correu nestes anos. Demasiado veloz.
Lembro-me e ainda parece no ontem de há tantos anos que foi, sentada a ver os episódios de Beverly Hills, a suspirar qual adolescente por Luke Perry. A tinta arrancadas das paredes do quarto com os muitos posters colados. Os cromos que saiam no Bollycao, naquele tempo não havia google para ir "sacar" fotos dos ídolos à net, guardados religiosamente. Os recortes das revistas de teenagers que hoje desapareceram forravam cadernos e dossiês. Ainda tenho por aí essas relíquias de memórias.
Acho que a minha adolescência não quis deixar as minhas personagens crescerem e envelhecerem. Temos medo do tempo. Queremos as nossas recordações intactas como se pudéssemos fazer pausa sem que essas reminiscências envelhecessem.
Na minha memória Luke Perry será sempre aquele Dylan, um dos grandes giraços dos anos 90. Aquele ar que se colava ao coração.
Hoje uma parte da minha adolescência despediu-se de mim!

luke perry.jpg