Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Talvez!

Talvez os fins de tarde vestindo-se de noite sejam os minutos de luz que iluminam a alma. Os meus minutos felizes.
Talvez não precise do sol nem da lua.
Talvez só precise desses teus olhos mel-outono.
Talvez só precise desse sorriso teu. Para o meu coração sorrir. Hoje fizeste-me sorrir no cansaço que pesava nos ombros no fechar de mais uma semana.
Talvez uma palavra tua nessa noite que chega seja aquele raio de brilho no dia que foi noite. A voz que acalma para esquecer o tudo que correu mal.
Talvez porque tu és dia na noite. Que ofusca as estrelas.
És o meu talvez preferido destes fins de tarde. O único.
 
Imagem : Internet

estrela-cadente.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.