Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O sopro mágico das palavras

O sopro mágico das palavras

Um Dia da Mulher especial!

Hoje, dia da mulher, um dia em que todas as mulheres deviam sonhar, mas sonhar ainda mais alto que nos restantes dias do ano. Porque sonhar faz os sonhos nascerem. Todos os dias temos de desenhar um rabisco do sonho, para tomar forma e ganhar vida. E voar livre no pensamento de quem ainda ousa fazer do sonho a rotina diária.

Precisamente há três anos escrevia e partilhava com os outros as palavras do meu sonho. Um sonho que caminha comigo. As palavras que me definem. As palavras que me vestem. As palavras que escrevo e que a vida escreve em mim. As lágrimas e os sorrisos. A alegria e a tristeza. A dor e o amor. Aquilo que sou. O que fui. O que desejo ser. As palavras do passado no presente sem saber como escrever o amanhã.

Parece que foi ontem, mas as palavras correm com o correr dos ponteiros do relógio sem ordem para parar. Três anos em que em um sábado de sol o meu pequeno “Um Esboço de Sonho” era tocado pelos raios de sol. Uma tarde em que os poemas acordavam de um sono adormecido na gaveta. Uma tarde que fica fotografada na alma e nos sorrisos que povoam as fotos. Uma tarde rodeada de amigos. Uma tarde da memória na recordação do momento que não será esquecido.

Todos os dias são especiais, todos os momentos são especiais. Mas este momento está tão bem guardado dentro de mim. Sempre que o Dia da Mulher chegar, lembrar-me-ei que os sonhos devem sempre viver.

Neste espaço de tempo, tantas mais emoções foram sentidas, tantos mais momentos existiram. E todas essas palavras estão escritas em mim.  

São três anos de “Um Esboço de Sonho” na eternidade deste sonho que é meu desde sempre e será até o sempre deixar de existir.

Feliz Dia da Mulher!

dia da mulher.jpg

2 comentários

Comentar post