Quarta-feira, 18 de Março de 2015

Um menino especial

Sexta-feira, fim de uma semana cansativa e brindas-me assim com um olá tão genuíno, sentado no sofá a jogar que as crianças de hoje adoram, as chamadas playstation, coisa que não havia no tempo em que era criança. Mal me conheces mas sorris como só uma criança sabe sorrir, de forma espontânea e sincera. Vejo-te correr pela casa fora na ânsia doida de brincar como se a brincadeira pudesse fugir e não a conseguisses apanhar. Pedes-me para brincar contigo. Acedo. E lá ficamos nós por minutos a espalhar carros pela pista fora, na alegria de poder voltar a ser criança ao teu lado. A hora de jantar apressa-se e eu tenho de me apressar para ir embora. Queres continuar a brincar mas os meus passos não podem ficar no teu quarto. Sorrio ao ouvir-te falar, a emoção cresce e o carinho que por ti sinto é demasiado forte para conseguir escrever em palavras esse sentimento. Porque não pertenço ao teu mundo e quando a porta bate num adeus levo comigo o vazio de não poder ficar. Fica a ternura do teu rir e de um dia alguém, numa tarde solarenga de domingo, me ter confundido como aquela que te viu nascer. Não invejo não ter sido eu, porque o amor de tão universal que é, amar-te-ia te como se um pedaço de ti fosse meu, como amo aquele que te deu vida.
Vive o desejo secreto em mim de te ver crescer a lado da vida, a caíres nos tropeções, os arranhões, a escola, aprenderes a ler, as birras, os choros, os jogos e as brincadeiras. Um bom dia e o beijo da boa noite. Aconchegar-te no cobertor quando o frio uiva lá fora e abraçar-te quando a trovoada ecoa no céu.
Em cada criança que vejo, vejo-te a ti, um menino especial que me conquistou antes sequer de conhecer. Por isso olhar para outras crianças é sentir o coração apertar-se com força sem saber como respirar, desejando que estivesses ali de mão dada comigo, para poder sorrir para os outros meninos com um sorriso desenhado no rosto, em vez de desviar os olhos inundados de lágrimas.
Tens a mesma profundidade no olhar como aquele cujo nome batizei o tempo, por ser o antes e o depois dentro de mim. O olhar que me enfeitiçou desde o início do tempo ser tempo. O único sem o qual o tempo não faz sentido e sem o qual a vida se perde, deixando-me perdida na vida que existe algures. O único que lê o que a minha alma escreve, por isso é tão especial, deixando-te a herança também de seres um menino especial, não por seres diferente dos outros, mas por seres especial, apenas para mim, e isso é suficiente para que sejas a mais especial das crianças.
Porque gostava de partilhar o toque da tua suave mão, e saberes dia após dia, como é víveres no meu coração. Deixo a sorte do meu caminho no destino que um dia me fez conhecer-te, na altura sem rosto definido. Deixo nesse mesmo destino o desejo que com essa tua alegria genuína que só uma criança tem, me ensines a alegria de um viver, tantas vezes esquecida pelo meu espírito.
Se um dia, quando souberes ler e aprenderes que a vida é uma mistura de sorrisos e lágrimas, de dor e felicidade, leres estas palavras, ou o destino deixou-me ver-te crescer ou estas palavras perdidas chegaram até ti, ainda poderás sentir a emoção que pintam estas frases. Ainda sentirás o papel com o húmido das lágrimas com a saudade que deixas na ausência do teu sorrir.
No amanhã podes não te lembrar de mim, mas eu nunca te esquecerei, meu menino especial. O mais especial do cantinho do meu coração será sempre teu.

menino2.jpg

publicado por Ana Cristina Gomes às 20:33

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Amazónia arde....todos ...

. Desaceleras-me o tempo!

. Alpendre de emoções

. Baloiço

. Correr a estrada!

. Este teu dia avó!

. Desapegar-me de ti!

. Dia dos Avós!

. Haruki Murakami "A Peregr...

. Este nosso 18 de julho!

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

.tags

. todas as tags

.favorito

. Será pedir muito?

blogs SAPO

.subscrever feeds